Chico Buarque: Não! De novo não!

“Eu vejo aqui gente da minha geração que viveu 1964 e também jovens que conhecem a história e que me animam a pensar: não, de novo não!”